Publicado por: Weskley Cotrim | 08/06/2008

Devocional – dia 4 – Apresentando-se hoje a Deus

Introdução

Algumas vezes quando eu estou no meio do discipulado de alguém. Eu peço a ele que coloque um resumo de sua vida em uma folha de papel. Colocando os pontos altos e baixos, seus becos sem saídas e suas maiores realizações. Como você pode imaginar, cada linha da vida é totalmente diferente da outra, exceto em um ponto. As linhas possuem um número de riscos que refletem os inícios de algumas coisas diferentes na vida deles. Em determinado momento, o casamento muda a pessoa. O primeiro filho muda a pessoa, Uma falha grave muda a pessoa, freqüentemente a lança ladeira abaixo em um profundo vale. O dia do encontro com Cristo marca a pessoa para sempre.

Algumas linhas de tempo da vida de algumas pessoas, entretanto possui uma marca diferente – Eu a chamo de “momento limite” As pessoas descrevem isto diferentemente, mas sempre estão dizendo a mesma coisa. Veja se você pode identificar alguma dessas palavras vagas: “Você sabe, depois que me tornei cristão, eu cresci por um momento, mas, então, ah, bem, sabe como é, ah, eu me afastei um pouco, você sabe, do Senhor. Alguns anos se passaram, sabe como é, me afastei da igreja, eu me rebelei contra aquilo que sabia que Deus queria. Mas então neste exato momento, (ele aponta para o maior mudança na linha de tempo da sua vida), Eu dediquei novamente minha vida para Deus. Este foi um verdadeiro retorno para mim. Ah, não que agora seja perfeito, mas agora realmente comecei a crescer à partir daquele momento. Foi quando eu realmente me rendi a Deus e parei de brincar de igreja e comecei a servir a Deus com todo meu coração”. Isto soa familiar a você

O que a Bíblia Ensina

Jesus Cristo sabe que o segredo para o homem ter uma vitória final em sua vida espiritual, tem muito a haver com o “Momento Específico”. De fato, Jesus não ficou dando voltas, nem por um momento voltou para trás, frente a uma decisão crítica de comprometer-se com Deus, com todo seu ser. Não somente isto, mas Ele revelou que há realmente uma entre poucas “decisões específicas” em toda sua vida.

Se uma pessoa não escolhe Jesus acima de qualquer coisa ou qualquer um, então Jesus disse que esta pessoa não pode se tornar plenamente seu discípulo. Não somente que esta pessoa nunca virá a ser discípulo se não fizer esta decisão, Jesus disse: ele não poderá! Você pode ver, depois que você foi salvo, então você deve encarar o chamado de Deus em seu coração. Ele não procura uma parte do seu coração seja grande ou pequena, Cristo procura ser totalmente o Mestre do seu Coração. Se você não escolhe apresentar-se, então você nunca se tornará realmente uma pessoa santa.

Como você pode ver, santidade sempre começa no coração. Santidade não começa por fora, mas sim por dentro. Não colocando uma série de leis e regras, mas se relacionando com a verdade e completa dedicação. Leia com atenção estas palavras de Jesus acerca do que ele está te chamando para fazer: “se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a cruz e siga-me”(Mt 16.24)

Palavras desafiadoras, direto dos lábios do Senhor. Você percebe que o que Jesus diz deve ser verdade sobre aqueles que “desejam vir após Mim”, você deve “negar-se a si mesmo” e “tomar a sua cruz” e depois “seguir-me”. A chave para todo este segundo estágio em santidade são aquelas primeiras palavras “Se alguém deseja vir após mim”. Por quê? Porque sem o desejo de ir após Jesus, você nunca irá pagar o preço que Ele pede.

O chamado de Jesus para você não é um chamado fácil, mas é o chamado de sua vida. Ele quer ser o primeiro acima de qualquer outro ou você simplesmente não pode ser Seu discípulo. Pede que você entregue a Ele o “ato” de tudo o que você tem hoje e o que terá. Deseja que você “morra” para si mesmo e seus próprios desejos e “abra mão” de toda parte de seu sonho que não seja o sonho Dele e viva para sempre para Ele e Sua plena Visão para você.

Eu amo a Jesus. Honro seu caráter. Respeito sua pessoa. Admiro o fato de que você foi o Homem dos homens. Ele não compactuou com uma mente humana e sua vida. Ele ficou exatamente fora disso e disse a todos quantos quiseram saber a Verdade, a única Verdade e nada além da Verdade. E Ele não tinha medo de propor um duro desafio. Não temeu requisitar de um homem tudo como Seu Pai requisitou Dele e de boa vontade o fez.

Agora, Jesus está perguntando se você “O deseja com todo seu coração” – e, depois, demonstrará seu compromisso com Sua vida. Jesus pede sua decisão para apresentar-se a Ele, como um sacrifício vivo. Totalmente morto para si, mas vivo para Ele que a própria vida.

Então, meu amigo, como será? Você está pronto para caminhar ao encontro de Jesus e fazer sua apresentação? Tal ato é muito sério – não somente para você, mas para o Senhor também. Como tais momentos na vida são raros e sagrados, posso sugerir que você se humilhe na presença do Senhor e pegue esta apostila e ajoelhe-se. É isso mesmo, ajoelhe-se. Exatamente onde você está. O céu estará olhando para este momento como um verdadeiro Momento de Destino e você não acha que isto merece uma postura apropriada?

Pelos olhos da fé, imagine o Trono do Onipotente com Jesus Cristo assentado à direita do Pai. Imagine um altar na frente do Trono extremamente brilhante. Caminhe até o altar, suba ao topo dele e sacrifique. Você está no meio de apresentar-se como um sacrifício vivo, santo a Deus. Você irá separar sua vida santa de você mesmo e seus interesses e objetivos mundanos e separar-se para o Senhor Deus e seus interesses e objetivos eternos. Agora, desta postura de humilhação e sacrifício, ore em voz alta a oração a seguir ou algo parecido nas suas próprias palavras:

Querido Pai Celeste,

Tenho ouvido Você me chamar para apresentar-me como sacrifício vivo, santo e aceitável. Confesso que até este momento, na maior parte, tenho vivido para mim mesmo e o colocado no último lugar da minha vida. Arrependo-me e deixo esta idolatria como estando convicto de que o maior pecado é colocar-me como o deus que tenho servido e não a Você.

Eu me apresento agora a Você como um sacrifício vivo. Escolho voluntária e livremente vir após Você, negando a mim mesmo, tomando a minha cruz e o seguindo. Entrego-me a Você genuinamente e de todo coração e através deste ato de separar-me, torno-me uma pessoa santa de Deus no meu coração. Nunca irei duvidar deste momento considerável, do que tem acontecido em minha vida no passado ou no futuro. Agradeço por receber meu sacrifício que é dado com amor em meu coração a Você e um desejo de seguí-lo fortemente. No nome santo de Jesus Cristo, Amém.

Agora, é hora de chamar um parceiro de pequeno grupo e compartilhar com ele sua apresentação!

Texto do Pr. Eduardo Arata
Que Deus abençoe a todos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: