Publicado por: Weskley Cotrim | 30/06/2008

Devocional – Dia 10 – A chocante Verdade do porque Você é Tentado

Introdução

Seu melhor amigo do trabalho está com problema. Ele já foi surpreendido duas vezes e preservado uma. Ele é um cleptomaníaco. Você nunca entendeu isso muito bem, mas hoje vocês estão no shopping juntos procurando um presente de aniversário para sua esposa. Vocês estão conversando e, então, você percebe que ele está transpirando. É uma época rígida do inverno e deve estar uns 0ºC. Então, você pergunta qual é o problema. Ele olha para o chão e admite que cada momento é uma severa tentação para roubar. Ele admite que cada segundo é uma batalha desesperadora para roubar qualquer coisa que esteja à vista. E se ele não sair de lá em cinco minutos, ele estará em grande encrenca.

O que aconteceu? Vocês dois viram as mesmas coisas. Nada o tentou e tudo o tentou. Mas, então, tudo muda. Três semanas depois, vocês estão juntos numa conferência de negócios metade do caminho cruzando o país, longe de casa. Naquela noite, no seu quarto, você é o que está transpirando. Você prometeu para si mesmo que não iria assistir àqueles filmes “apimentado” de novo. É duas horas da madrugada e nem um banho frio ou seu travesseiro funcionaram. Seu amigo cleptomaníaco está no quarto ao lado, parece que dormindo e nunca sequer deu a TV um segundo de pensamento e aqui você está com sua mão trêmula conforme ela se aproxima cada vez mais do controle remoto.

O que a Bíblia Ensina

A Bíblia revela mais segredos do que qualquer outro livro jamais escrito. Ele descobre tudo que está encoberto e coloca as claras para que todos vejam. Sabe o que isso revela sobre sua tentação? Tiago 1.14 disse isso:

Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz.

Qual é a real causa daquelas tentações? Foram aqueles produtos do departamento da loja para seu amigo ou aqueles filmes apimentados para você? Pode parecer que seja isso, mas realmente não é. Nem mesmo por um instante.

Não diz respeito ao exterior, mas ou interior. Veja como a Bíblia revela a fonte verdadeira “cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz”. A origem da tentação está dentro de você! A tentação só pode ser uma tentação real se esta o tenta. Se não o tenta, então é somente mais um produto de departamento de loja ou um aparelho de televisão em hotel distante.

A palavra “desejo” é a palavra que traduzimos “cobiça” e aparece nos versos a seguir, os quais ajudam a clarear rapidamente qual é a verdadeira raiz de todas as tentações.

“Ora, estas coisas se tornaram exemplos para nós, a fim de que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram”. (1 Coríntios 10.6)

“Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela”. (Mateus 5.28 )

“De onde procedem guerras e contendas que há entre vós? De onde, senão dos prazeres que militam na vossa carne?”. Cobiçais e nada tendes;” (Tiago 4.1-2a)

“mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada disponhais para a carne no tocante às suas concupiscências”. (Romanos 13.14)

“no sentido de que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano,” (Efésios 4.22)

“Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição”. (1 Timóteo 6.9)

“Foge, outrossim, das paixões da mocidade”. (2 Timóteo 2.22a)

“Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos absterdes das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma,” (1 Pedro 2.11)

“porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo”. (1 João 2.16)

Para Você Meditar

Que revelação! Já que as tentações só são tentações devido o que há no nosso interior, então nenhum de nós “pessoas reais” pode culpá-las novamente. A única pessoa que podemos culpar pelas tentações é aquela que repousa na cobiça de nosso coração.

Passar a culpa para algo externo a nós tem sido o caminho para escaparmos de nossa responsabilidade e prestação de contas. Já ouviu aquelas famosas palavras “A mulher me fez comer” ou “A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi” ou “O fruto parecia tão bom e eu tive que…”.

As tentações apenas funcionam por causa dos nossos desejos. Se você quer saber o que fazer com seus desejos, sublinhe o direcionamento para todos nós nos versos acima.

Texto do Pr. Eduardo Arata
Que Deus abençoe a todos.


Responses

  1. Caro Weskley, valorosa demais essas palavras. Agradeci a DEUS por vc socializá-las com os internautas, e mais particularmente comigo. Obrigado velho! Fique na paz!!

  2. Marcos, obrigado por visitar meu blog. Fico feliz que você tenha sido edificado através desse texto.
    Um abraço.
    Que Deus continue a te abençoar.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: