Publicado por: Weskley Cotrim | 25/01/2009

Adoração extravagante

hoje, conversando com minha noiva, fui indagado por ela se alguma vez eu já tive vontade ou dancei de alegria na presença de Deus. Respondi que não, pois esse tipo de adoração não tem nada a ver com a minha personalidade. E isso é fato, nunca dancei porque não faz parte daquilo que eu faço quando estou alegre.

Logo depois dessa conversa, assistindo o DVD do irmão Lázaro, vi que em alguns momentos ele dançava. E dançava de forma esquisita. Instintivamente pensei nas palavras de Jesus ao falar da atitude da mulher que lhe regou os pés com lágrimas. “Por isso te digo: Perdoados lhe são os pecados, que são muitos; porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama.”  Então penso, que independente da forma, quando recebemos o perdão dos nossos pecados, isso nos toma de uma alegria tão intensa que nos leva a tomar atitudes tão extravagantes. E isso é a essência da verdadeira adoração extravagante. O reflexo exterior daquilo que Cristo fez em nosso interior.

Então querido irmão, chore, grite, pule, seja extravagante, mas faça isso como reflexo do que Cristo já fez em sua vida. Não apenas para adorar de forma diferente.

Que Deus abençoe a todos.


Responses

  1. Muito legal essa visão.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: