Publicado por: Weskley Cotrim | 05/06/2010

Hospede e publique podcasts gratuitamente

Confesso que gosto muito da mídia podcast. Ouço pelo menos uns 20 podcasts diferentes. Ouço desde podcasts musicais, notícias, tecnologia, poesia, saúde e por aí vai. São muitas as opções.

De tanto ouvir podcast, chegou o momento que decidi gravar meu próprio podcast. Mas aí veio a dúvida, como gravar e onde hospedar. Pesquisando na rede, descobri que poderia gravar utilizando o Audacity, software gratuito para gravação e edição de áudio. Baixei o programa, gravei o episódio piloto e aí veio o problema: onde hospedar e como publicar?

Novamente recorri ao google que prontamente me respondeu. Decidi que iria hospedar o arquivo .mp3 no Mevio e publicaria aqui mesmo no WordPress. Foi nessa hora que tive maior dificuldade. Não sabia como linkar o arquivo .mp3, hospedado no Mevio, no blog criado no WordPress.com.

Resolvi o problema e decidir compartilhar com meus leitores. Segue o passo-a-passo.

  1. Primeiro grave e edite seu podcast no Audacity;
  2. Exporte no formato .mp3;
  3. Crie uma conta no Mevio. Aqui vale uma dica, utilize um nome de usuário diferente do nome do Podcast, pois mais a frente você precisará nomear o podcast. O Mevio não aceita que o nome do podcast seja igual ao seu login;
  4. Agora vá em upload, suba o arquivo para o servidor, preencha todos os campos com informações sobre o arquivo;

Pronto, seu arquivo já deverá estar hospedado no Mevio nesse momento. Vamos ao processo para colocar os links no WordPress.com. Provavelmente você desejará colocar um player para que seu podcast seja ouvido diretamente no seu blog. Nesse ponto vou assumir que você esteja vendo um player com o episódio que você subiu para o servidor. O problema é que ele está no formato vídeo. E queremos aquele pequeno player de áudio. Para isso siga os passos a seguir:

  1. No player onde está tocando seu episódio, localize a opção para download do arquivo. Trata-se de uma seta para baixo, localizada no lado direito na parte de baixo do seu player;
  2. Não clique no botão de download. Apenas posicione o mouse sobre ele;
  3. Com o botão direito do mouse, clique no botão de download e escolha a opção “Copiar endereço de link”. Anote o endereço que você copiou. Certifique-se de que ele acaba com .mp3. É esse link que você utilizará para construir o seu player;
  4. Agora vamos providenciar o feed para o iTunes. Para isso, na mesma página, procure na coluna da direita o campo “Subscribe for free downloads”. Lá tem um pequeno ícone para o iTunes. NÃO CLIQUE;
  5. Posicione o mouse sobre o ícone e copie o endereço do link. Ele deverá necessariamente começar com itpc://. Esse será o link para o feed do iTunes.

Agora vamos para o WordPress.com. Nesse ponto vou assumir que você já tem um blog e sabe como publicar seus arquivos. Para colocar o player basta executar os seguintes passos:

  1. Crie um novo post;
  2. Escreva o texto sobre o episódio do seu podcast. Essa informação é útil para que as pessoas e os mecanismos de busca localizem seu podcast;
  3. Ainda no espaço destinado ao texto, na aba html, escreva o seguinte código(sem os asteriscos e substituindo o endereço pelo que você copiou no player do Mevio):

[*audio http://m.podshow.com/download_media/25543/episodes/234522/meuepisodiopodcast.mp3*]

Se tudo foi executado corretamente, você terá um player como o exemplo abaixo.

O outro link que você copiou (feed para o iTunes), deve ser colado na forma de texto, informado para seus leitores que aquele endereço deve ser utilizado no iTunes para assinar o seu podcast.

Espero ter ajudado. Aproveitem e visitem o Comida Tecnológica, podcast de ciência e tecnologia de alimentos.

Publicado por: Weskley Cotrim | 29/05/2010

Iron baby

Fantástico!

Que Deus abençoe a todos.

Publicado por: Weskley Cotrim | 17/05/2010

Hey Dude…

Com o fim de Lost se aproximando, curtam uma compilação da célebre fala do Hurley.

Publicado por: Weskley Cotrim | 17/05/2010

O Poder do Teu Amor

Em II Coríntios 12. 7-21, o apóstolo Paulo narra seu diálogo com Deus sobre algo que muito o incomodava. Não se sabe exatamente qual era o problema pelo que Paulo passava. Mas a resposta maravilhosa de Deus, seguida da confissão de Paulo marcou os cristãos profundamente.

O pedido de Paulo para que Deus afastasse dele o “espinho na carne” representa muito bem a nossa necessidade de conforto e tranqüilidade no dia-a-dia. A resposta de Deus foi contundente: “ – Minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.” (v. 9)

Diante da resposta do Senhor, Paulo profere uma das maiores verdades do cristianismo: “… Porque quando sou fraco, então é que sou forte.” Pelo que sabemos da história de Paulo, essa era uma verdade que ele vivia diariamente.

Infelizmente essa mensagem tem se perdido. Vemos e ouvimos cada dia mais uma geração de cristão preocupados com seu próprio conforto, que já não podem sofrer as dificuldades do dia-a-dia, que não podem ser derrotados. Enfim, os cristãos da nossa geração tornaram-se “VITORIOSOS”. E nada menos que a vitória pode lhes agradar. O resultado disso é que os bancos das igrejas tem se enchido de cristãos nominais, preocupados em participar da próxima campanha da prosperidade. Já não existe mais a preocupação com as almas que vão diariamente para o inferno, já não se preocupam com os órfãos e viúvas.

As canções que agradam essa geração falam de um cristianismo triunfalista, no qual o cristão é filho do REI e deve viver como um príncipe. Mas não foi sempre assim e mesmo hoje, ainda existem muitos que decidiram não se curvar.

Composta pelo músico australiano Geoff Bullock, a música “The Power of Your Love” foi lançada em versão tupiniquim pelo Ministério Diante do Trono com o título “O Poder do Seu Amor”. Essa música representa muito bem o viver cristão, onde o poder do amor de Deus é a única coisa que interessa. Não há necessidade de vitórias e prosperidade material. Antes disso, fala em vencer as fraquezas no poder d’Aquele que nos sustenta.

Penso que nossa geração precisa urgentemente voltar ao primeiro amor, voltar ao início de tudo. Rever conceitos, valores e abraçar o genuíno cristianismo onde a simples presença de Cristo em nossas vidas já é motivo mais que suficiente para vivermos uma vida abundante de paz e alegria.

O Poder do Teu Amor

Compositor:  Geoff Bullock

Versão: Diante do Trono

Senhor eis me aqui
Vem transformar meu ser
No fluir da graça que encontrei em Ti
Senhor descobri
Que as fraquezas que há em mim
Podem ser vencidas no poder do Teu amor

Junto a Ti, Teu amor me envolve
Atrai-me para ao Teu lado estar
Espero em Ti e subo como águia
Nas asas do Espírito contigo voarei
No poder do Teu amor

Face a face quero ver-te meu Senhor
E conhecer o Amor que habita em mim
Vem renovar minha mente em Teu querer
Meus dias viverei no poder do Teu amor

Junto a Ti, Teu amor me envolve
Atrai-me para ao Teu lado estar
Espero em Ti e subo como águia
Nas asas do Espírito contigo voarei
No poder do Teu amor (2x)

Nas asas do Espírito contigo voarei
No poder do Teu amor (2x)

Que Deus abençoe a todos.

Publicado por: Weskley Cotrim | 05/05/2010

Saudades da pátria que nunca vi

Sinto saudades das ruas de ouro,
Saudades do mar de cristal.
Saudades do nascer do Sol sobre as águas.
Aquilo sim era vista de tirar o fôlego.

Saudades. Um dia retornarei a pátria nunca vi,
Mas sei que tem sido preparada.

Que Deus abençoe a todos.

Publicado por: Weskley Cotrim | 04/05/2010

Cachorro na janela

Publicado por: Weskley Cotrim | 28/04/2010

CHUVA DE METEOROS NO BRASIL

Tem mais de onde saiu esse.

Que Deus abençoe a todos.

Publicado por: Weskley Cotrim | 08/04/2010

Hoje eu chorei

Chorei… um choro como ha muito tempo não acontecia. Choro de alegria incontida, de felicidade.

O motivo do choro? Amor genuinamente cristão em meio a aridez da vida moderna.

A vida pode apresentar-se dura e áspera em alguns momentos. E assim como aquele simbionte do filme do homem-aranha (0 terceiro), vai tomando conta das nossas vidas, nos transformando, nos tornando mais auto-suficientes, mais insensíveis.

Assim estava eu. Endurecido pela vida cotidiana, chata. Já até havia me acostumado. Pensava eu: “- Isso é normal. Não sinta nada, assim você sofre menos”.

Que tolo eu fui. Estava esquecendo-me da beleza e suavidade do amor de Deus. Até pregava sobre amor, mas já não mais o exprimentava.

Foi necessário um irmão com coragem para me tirar da rotina. Mostrar-me a vida passando na janela. Foi um susto. Mas um susto bom.

Voltei a chorar. A me emocionar com as pequenas coisas da vida. O Amor. Ah, o amor. Amor que vem do Pai, que é distribuído entre seus filhos e que nos envolve, aquece.

Jesus sabia o que fazia quando nos ordenou a amar nosso próximo como a nós mesmos.

Que Deus abençoe a todos.

Publicado por: Weskley Cotrim | 06/04/2010

Utilizando o Google Webmaster tools em blogs do WordPress.com

O @guanabara sempre dá boas dicas no seu tweeter. Hoje ele postou um link (não lembro qual foi o link pois estava no celular) para um artigo sobre gerenciamento de websites. Nesse artigo constava o uso da ferramenta Google Webmaster Tools. Fiquei muito interessado e fui logo tratando de me cadastrar no serviço do google para incluir meu site na tal ferramenta.

Porém, logo veio a decepção. Na tal ferramenta do Google só haviam três opções de verificação de titularidade. Através de MetaTag, arquivo html ou DNS.

Busquei na rede formas para verificar a titularidade do meu blog, até que me deparei com um comentário publicado no blog The Pursuit of a Life (Comentários da leitora Dona).

Descobri que é muito fácil. Para verificar a titularidade, basta seguir os seguintes passos:

  1. Escolha a opção MetaTag;
  2. Copie o código fornecido pelo Google Webmaster Tools;
  3. Vá no Dashboard do WordPress.com;
  4. Procure na coluna da esquerda a opção “Ferramentas” ou “Tools”;
  5. Desça até mais ou menos metade da página e procure o campo “Webmaster Tools Verification”;
  6. Cole o código no campo apropriado;
  7. Volte ao Google Webmaster Tools e clique no botão “Verificar”.

Fácil assim. Se você seguiu o passo-a-passo direitinho, a essa hora já estará usufruindo dessa poderosa ferramenta.

Espero ter ajudado.

ps. Eu ainda estou descobrindo a utilidade real da ferramenta do Google. Mas confio no @guanabara. Se ele falou que é bom, é porque certamente é mesmo.

Que Deus abençoe a todos.

Publicado por: Weskley Cotrim | 01/04/2010

iPad na capa da Revista Analytica

Isso mesmo. O tablet da Apple deu as caras na capa da edição de fevereiro/março da Revista Analytica. Confiram a imagem abaixo. Será que tem dedo da Apple nisso ou foi apenas uma coincidência?

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.